Arquivo da tag: blogs

Admirável Blog Novo (no ClicRBS)

Quase nove meses depois do primeiro post neste blog (também sob o título de “Admirável blog novo”), estamos de mudança para novo endereço no portal ClicRBS: http://wp.clicrbs.com.br/admiravelmundovirtual

Quem assina o feed RSS da página no WordPress precisa mudar para o novo: http://wp.clicrbs.com.br/admiravelmundovirtual/feed

O blog ganhou cara e casa nova, mas o tema continua o mesmo: mostrar ideias que surgem na internet e que refletem de alguma forma no mundo real. Além disso, todos os posts e comentários que passaram por aqui foram transferidos para lá.

Continuem nos acompanhando!

A um passo do novo endereço

Ontem à tarde, a equipe do Admirável Mundo Virtual esteve no prédio do GrupoRBS para assinar o contrato de hospedagem do blog no portal ClicRBS e receber as orientações para a nova fase. Na próxima semana, já devemos mudar de endereço. Aguardem, mais informações em breve.

E, a propósito, o portal Eu sou Famecos, página de notícias da Faculdade de Comunicação Social da PUCRS, publicou uma matéria sobre o resultado do concurso do ClicRBS. Clique aqui para ler.

Dez anos de ativismo digital

O caderno Link, do Estadão, preparou uma matéria especial em função do aniversário de uma década do episódio dos protestos em Seattle (Estados Unidos) contra a reunião ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), comemorado ontem, dia 30 de novembro. O movimento é considerado pioneiro no uso de ferramentas da web para fins de mobilização: uma espécie de semente dos recentes protestos via Twitter nas eleições no Irã e dos relatos de abuso feitos por blogueiros de países em regime ditatorial em todo mundo.

Leitura mais do que recomendada. Abaixo, reproduzimos um trechinho:

“Existiu uma época – sem YouTube, Flickr, Wikipédia, blogs ou qualquer ferramenta de autopublicação – em que colocar seu relato na internet era muito mais um ato de protesto do que qualquer outra coisa. Uma época em que se buscava uma nova forma de comunicação, mais livre de intermediários. […] Ao menos 40 mil pessoas, entre elas ativistas, membros de ONGs, sindicalistas, ambientalistas e anarquistas, reunidos sob uma organização descentralizada chamada de Direct Action Network (DAN), tomaram as ruas do centro de Seattle e furaram o bloqueio em torno do local onde a reunião acontecia. A manifestação ficou conhecida como N30 ou a Batalha de Seattle.”

Clique aqui para ler na íntegra

Leia também a análise do professor Sílvio Mieli, da PUC-SP, sobre o episódio de Seattle e o ativismo digital praticado hoje

Portal é dedicado a campanha de doação de sangue

Portal foi criado especialmente para incentivar a doação de sangue/ Reprodução

Na linha de mobilizações solidárias através da internet, os portais Interney Blog e Inblogs criaram o site Doe mais que um clique. A ideia é estimular as pessoas a fazer mais do que “revoluções passivas sem sair da frente do computador”, como informa o texto da página. Conscientizar os internautas a ajudar pessoas em geral por meio de doações de todos os tipos é o principal objetivo.

Inicialmente a campanha está focada na doação de sangue, mas os criadores colocam o portal à disposição de ações sociais em geral. Na seção Participe, quem quer ser voluntário pode encontrar uma lista dos locais de doação em qualquer região do Brasil.

Para quem possui o próprio site, blog ou conta em rede social, o Doe mais que um clique disponibiliza banners e logos que podem ser incorporados nas páginas. O portal também possui perfil no Orkut e no Facebook, além de página no Twitter e no Flickr.

No vídeo abaixo, os criadores do site, Marcelo Vitorino (cofundador do Inblogs) e Edney Souza (idealizador do Interney Blogs), contam em clima descontraído como surgiu a ideia e registram sua doação.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

 

Leia também: Campanha de doação de sangue pelo Twitter

Em breve: casa nova no clicRBS

Depois de tanta expectativa, foi divulgado hoje, no blog Pense WWW, o resultado da promoção do portal clicRBS, que vai hospedar um blog mantido por alunos da Famecos (conforme falamos ontem). E o Admirável Mundo Virtual vai ganhar casa nova! Até o final do mês, já estaremos com nossa página na plataforma do clicRBS.

Mas a surpresa não é só essa. A votação acabou empatada, e a equipe do blog Rota Orgânica também está superfeliz. Em uma pequena nota, as quatro gurias dão o grito da vitória: “Agora estamos na rota do ClicRBS”. Pois bem, nós também estamos. Estamos no Mundo do clicRBS.

Parabéns não só aos vencedores, mas também a todos que participaram. E obrigada aos colegas, professores, amigos e a nossas famílias, que nos incentivam muito.
Equipe AMV

Expectativa para o concurso do ClicRBS

Deve ser divulgado amanhã, 09/11, o resultado da promoção que dará o direito de hospedagem no portal ClicRBS a um blog mantido por alunos da Famecos, a Faculdade de Comunicação Social da PUCRS, local onde estudam essas que vos blogueiam.

Estamos participando do concurso e sabemos o quanto é boa essa chance. Torçam por nós!

Mídias sociais, a nova cara do público e o teatro de Sófocles

As redes sociais têm chamado a atenção e conquistado cada vez mais usuários pela enorme possibilidade de conectar pessoas. No entanto, há também uma preocupação. Como produzir conteúdo para cada uma dessas novas mídias? Durante o 22° SET Universitário (evento de comunicação organizado pela Famecos, como já comentamos aqui), o gerente de arquitetura de informação do portal Globo.com, Leandro Gejfinbein, discutiu o assunto em palestra no auditório da Faculdade de Comunicação Social (Famecos).

Guiado pelo tema principal do evento – Qual é a cara do público? –, Gejfinbein destacou o crescimento das redes sociais no mundo. Segundo pesquisa da empresa IBM publicada no site do jornal O Globo, serão mais de 800 milhões de usuários até 2012. Um número expressivo de pessoas que, segundo o palestrante, representam o público das novas plataformas de comunicação.

Cada mídia possui uma linguagem e uma estratégia de comunicação específicas. Para Gejfinbein, a questão não é somente transportar conteúdos das mídias tradicionais para a web, mas sim “como a internet poderia ajudar” na relação entre público e empresa. Ele citou como exemplo o seriado norte-americano Heroes (em português, heróis), que se baseia na ideia de transmedia storytelling (narrativa transmídia, em tradução livre). O conceito é desenvolvido por Henry Jenkins no livro Cultura da Convergência e implica não só o cruzamento de mídias, mas também uma mesma história difundida em vários meios, cada uma com sua própria linguagem e independente das outras, mas ainda assim formando um conjunto. No caso do seriado, a produção de quadrinhos com download gratuito pela internet, com enredos que complementam a narrativa da televisão, foi citada por Gejfinbein como um bom exemplo da prática de transmedia.

Com o crescente uso da internet e das redes sociais na comunicação, a tendência é de que o público se misture com os produtores de conteúdo. No site de microblog Twitter, por exemplo, muitos usuários tornam-se fontes devido à rapidez com que se consegue transmitir a informação. “A convergência já existe”, afirmou Gejfinbein. Para ele, as pessoas são capazes de captar um fragmento desses dados e discutir, criticar, queiram as companhias ou não. “O que as empresas têm que fazer é se aproveitar disso, criar ferramentas para o público interferir no conteúdo.” O palestrante ressaltou que o processo de introdução de novas tecnologias é atual: “A cara do novo público é a nossa. A gente só precisa prestar atenção.”

Para ilustrar a aproximação entre público e comunicadores, Gejfinbein propôs uma analogia entre o teatro de Sófocles, dramaturgo grego do século V a.C., e o tipo de interação que seria desenvolvido até 2027. Assim como no teatro, as mídias sociais não fariam distinção entre palco e espectadores, o que possibilitaria uma troca de informações e impressões mais dinâmica e participativa. “Vai voltar a ser como era há 2500 anos, com o mesmo tipo de relações”, prevê.

*

Ficou curioso? A equipe do Admirável Mundo Virtual contatou Gejfinbein por e-mail, e ele gentilmente disponibilizou a apresentação. Para facilitar, colocamos no SlideShare do blog. Confira abaixo: