Arquivo da tag: meio ambiente

Com ajuda de internautas, Greenpeace estende banner na Esplanada dos Ministérios

Para exigir uma participação mais ativa do Governo brasileiro na Conferência do Clima, que começa hoje em Copenhague (Dinamarca), o Greenpeace estendeu, no dia 1º de dezembro, uma faixa de 9 mil metros quadrados na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O banner, segundo a organização, é o maior já feito em 38 anos de Greenpeace. A ação foi financiada com a ajuda de internautas, que podiam comprar pequenos “pedaços” do banner a R$ 15 cada (leia o post que publicamos aqui).

Formada por 130 pedaços e pesando quase 1,5 tonelada, a faixa leva a seguinte mensagem ao presidente Lula: “Você pode fazer mais pelo clima: desmatamento zero; energias renováveis e proteção dos oceanos.” Veja, na galeria abaixo, fotos da manifestação publicadas pelo Greenpeace em sua página no Flickr:

Tubo de papelão e aquecimento global: quinzena de flash mobs no Brasil

Uma “guerra” de tubo de papelão no centro de São Paulo e um minuto de pessoas apontando para o mar em protesto ao aquecimento global: duas flash mobs bastante criativas estão na agenda brasileira desta primeira quinzena de dezembro. As ações são organizadas através da internet. Confira os detalhes da programação e saiba como participar:

Aquecimento global: dedos apontados para o mar: a ideia da flash mob é que a velha tendência de as pessoas olharem em direção ao lugar para o qual alguém está apontando faça todos encararem o horizonte por um minuto. A ação pode ser posta em prática em qualquer praia ou calçadão à beira-mar, ao meio-dia do próximo sábado, 5 de dezembro. Como o ato não deixa explícito o motivo da mobilização, os organizadores pedem que os participantes tirem fotos do momento e as enviem para ciclicca@yahoo.com.br, para ajudar na divulgação posterior da campanha. Outras informações em http://ciclicca.blogspot.com/

War Tube: uma “guerra” de tubo de papelão entre dois exércitos fictícios (Filhos de Musashi x Armada Arturiana) vai tomar conta do Elevado Presidente Costa e Silva (Minhocão), em São Paulo, a partir das 16h do dia 13 de dezembro, domingo. Apesar de intitulado “guerra”, o evento, segundo a organização, é de caráter pacífico. As regras descritas no Manual do Participante proíbem, por exemplo, a utilização de materiais duros ou que possam machucar. O objetivo é apenas a diversão. Ao final da flash mob, às 18h, os guerreiros deverão recolher seus tubos e armaduras de papelão, que serão encaminhados para a reciclagem. Para participar, é preciso fazer inscrição em um dos exércitos através do site http://www.wartube.com.br/.

[via mobrasilnews.com]

Greenpeace faz campanha na web para mandar recado a Lula

O Greenpeace – organização não-governamental voltada para campanhas de preservação do meio ambiente e de desenvolvimento sustentável em todo o mundo – quer mandar um recado para o presidente Lula. Mas não se trata de um recado qualquer.  Com a ajuda da doação de internautas, a ONG pretende levar a Brasília uma faixa capaz de cobrir um dos retângulos da Esplanada dos Ministérios (a previsão é que a faixa alcance quase 12 mil metros e pese uma tonelada e meia).

faixa

A mensagem completa só é revelada à medida que as doações são feitas/ Reprodução


O objetivo, segundo a organização, é cobrar uma participação ativa do Brasil na Convenção da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Clima, que acontece em dezembro na cidade de Copenhague, Dinamarca. Os ativistas pretendem que a mensagem leve o governo a se comprometer na reversão do processo de aquecimento global.

Na tentativa de aproximar a população da causa, dando-lhe a oportunidade de colaborar via internet, está no ar uma réplica virtual da faixa que será exibida na capital federal. Os visitantes, contudo, ainda não podem vê-la na íntegra. A faixa foi dividida e coberta por mais de três mil pequenos retângulos verdes, que estão à venda na web. Cada pedaço custa R$15, e o pagamento é via cartão de crédito. A cada compra, uma parte da faixa é revelada, e o nome do comprador aparece em um balão quando se posiciona o mouse sobre o retângulo.

Curioso para saber o que a faixa diz? Você pode comprar seu pedaço e contribuir com a causa. Acesse o site e participe: http://junte-se-ao-greenpeace.org.br/bannerclima/index.htm

(via Link – Estadão)

Carona 2.0

Carona combinada pela internet ganha espaço no Brasil

Cristine Kist, Giuliana de Toledo, Idiana Tomazelli e Mônica Reolom

Passar horas na beira da estrada com o dedo erguido para pedir carona é um esforço que pode ser poupado. A carona 2.0, combinada pela internet, vem se tornando uma alternativa mais prática para economizar dinheiro e preservar o meio ambiente. Em redes sociais, como o Orkut, já existem comunidades específicas para combinar carona para viagens ou deslocamentos dentro da mesma cidade. Paralelamente, a carona 2.0 também alimenta um novo mercado virtual de sites especializados em cadastrar caroneiros.

Carona combinada pela internet pode aposentar a tradicional carona “de dedo” na beira da estrada

Carona combinada pela internet pode aposentar a tradicional carona “de dedo” na beira da estrada

Crédito da foto: Ramon Petkov – Flickr

Entre os universitários, pegar carona sempre foi hábito. Seja para reduzir despesas ou para ter companhia durante a viagem, as caronas tradicionalmente têm espaço nos murais das universidades. Os antigos recados em papel pregados nos painéis agora podem ser substituídos pelos fóruns de comunidades do Orkut. A possibilidade de investigar dados e encontrar amigos em comum no perfil de quem oferece ou se candidata à carona é uma vantagem do meio virtual.

Uma das comunidades mais atuantes no Orkut é a Carona em Bauru, que possui quase três mil membros. Micaela Lepera, 20 anos, estuda Jornalismo na Unesp de Bauru (SP), mas mora em Ribeirão Preto (SP). Para dividir a gasolina e o preço dos pedágios, Micaela oferece e pega carona regularmente através de contatos na comunidade. “Você não gasta telefone e pode ver se tem algum amigo em comum com a pessoa”, explica a caroneira. A economia, no entanto, não é o principal interesse da estudante: “O ônibus intermunicipal leva 3h20 pra concluir a viagem, enquanto de carro são só 2h15”. No caso dela, o preço da passagem é equivalente ao gasto com a viagem de carro.

A distância entre Bauru e Ribeirão Preto é de 228 Km:

Em algumas universidades, os alunos desenvolveram sites próprios para cadastro e agendamento de caronas. A iniciativa da Unicamp é um exemplo bem sucedido. O Caronas Unicamp, com mais de 4,7 mil membros, aceita, além de estudantes, outras pessoas que sejam indicadas para participar. As ofertas e pedidos de carona podem ser checados no site, e o usuário ainda pode se cadastrar para receber as atualizações via e-mail.

No entanto, a carona 2.0 não se restringe ao meio universitário. Sites como Carona Brasil, Coletivu e Eco-carroagem pretendem mobilizar e atrair um número cada vez maior de adeptos. O Carona Brasil, por exemplo, oferece cadastro gratuito para grupos de colegas de trabalho ou para pais cujos filhos estudam na mesma escola. Edgard Azzam, sócio-fundador do site, conta que a iniciativa surgiu como uma ideia para diminuir os congestionamentos e melhorar a qualidade de vida dos motoristas. O portal, criado em janeiro deste ano, conta atualmente com quase 1,5 mil usuários, segundo Azzam. Desses, 65% são da região Sudeste, sendo que somente São Paulo concentra 51% do total.

Em comparação com o número de adeptos no Sudeste, a carona combinada pela internet nas demais regiões brasileiras ainda é pouco utilizada. Leonardo Piovesan, 18 anos, estuda Engenharia de Controle e Automação na PUCRS, em Porto Alegre, mas parte de sua família mora em Criciúma (SC). Ele faz parte de várias comunidades de carona no Orkut, mas, mesmo na comunidade específica Carona POA x Criciúma – que atualmente conta com 24 membros –, ainda não conseguiu se beneficiar desse sistema. “O principal desafio para mim é encontrar alguém que faça o mesmo trajeto e que saia em horários que fechem com os meus”, conta o estudante, que atribui o problema à falta de oferta. “Hoje, continuo pagando os altos valores de passagens cobrados pelas empresas de ônibus”, reclama. Com base no caso de Leonardo, a equipe do blog calculou que ele poderia poupar quase R$ 30 se dividisse as despesas de uma viagem de carro com mais quatro pessoas (veja mais no audioslide).

Confira no audioslide abaixo as vantagens da carona:

Arte: Giuliana de Toledo
Narração: Idiana Tomazelli

O receio de viajar com pessoas desconhecidas ainda restringe uma procura maior pela carona 2.0. Para Edgard Azzam, iniciativas como o Carona Brasil encontram barreiras numa questão cultural da população brasileira, que não tem o costume de dar ou receber carona. No entanto, ele aposta numa mudança: “O fator cultural poderá mudar à medida que os benefícios da carona forem sendo divulgados”. A estudante Micaela Lepera, que já era adepta do método de colar bilhetes no mural da faculdade, não vê problemas em combinar carona pelo Orkut. “Sabemos que quem oferece carona é estudante, então se você não conhece a pessoa, algum amigo seu conhece e pode recomendá-la”, destaca.

Apesar das precauções, viajar com alguém não muito conhecido pode resultar em situações desagradáveis. “Já aconteceu de o motorista parar no posto, comprar cerveja e dirigir bebendo”, conta Micaela. “Levar um bolo” também é um risco que o caroneiro corre. Como uma espécie de índice de reputação virtual, a comunidade Carona em Bauru e o site Caronas Unicamp mantêm espaço para denunciar os maus companheiros de viagem.

As autoridades de segurança não recomendam a carona com pessoas desconhecidas. “Pela internet, nunca se sabe com quem se está lidando”, alerta o capitão da Brigada Militar de Porto Alegre Marcelo Reolon. Se for necessário, a orientação é para que se combine o encontro em um local movimentado e bem iluminado. Caronas individuais com desconhecidos devem ser evitadas, principalmente no caso das mulheres, segundo o capitão. No entanto, ele valoriza a prática entre amigos e colegas de trabalho, por exemplo, como forma de economizar combustível e evitar engarrafamentos.

Conheça alguns sites e comunidades do Orkut em que você pode procurar carona:

– Comunidade: Carona em Bauru

– Comunidade: Carona POA x Criciúma

Caronas Unicamp

Carona Brasil

Coletivu

Eco-carroagem